"Não sei bem o que quero, nem quero saber o que quero. Quero só
Pensar nela."

Passei toda a noite, sem dormir, vendo, sem espaço, a figura dela - Alberto Caeiro


posted on 25/09/2011 às 2:18pm
reblog

O Amor É Uma Companhia - Alberto Caeiro

O amor é uma companhia.
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo.
Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo.
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.

Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.
Todo eu sou qualquer força que me abandona.
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio.”


posted on 25/09/2011 às 2:15pm 1 note
reblog

"Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem sabe o que é amar"

Fernando Pessoa


posted on 25/09/2011 às 2:12pm 3 notes
reblog

"Não tenho ambições nem desejos.
Ser poeta não é uma ambição minha
É a minha maneira de estar sozinho."

O Guardador de Rebanhos - Alberto Caeiro


posted on 25/09/2011 às 2:10pm 1 note
reblog

"Sonho sem quase já ser, perco sem nunca ter tido,
E comecei a morrer muito antes de ter vivido."

Fernando Pessoa


posted on 18/09/2011 às 5:41pm 8 notes
reblog

"Ah, na minha alma sempre chove.
Há sempre escuro dentro de mim."

Fernando Pessoa


posted on 18/09/2011 às 5:33pm 6 notes
reblog

"

Talvez isso realmente se desse…
Verdadeiramente se desse…
Sim, carnalmente se desse…

Sim, talvez…

"

Realidade - Álvaro de Campos


posted on 18/09/2011 às 5:24pm
reblog

"E chamo-lhe luar e sol e flores e árvores e montes,
E amo-o sem pensar nele,
E penso-o vendo e ouvindo,
E ando com ele a toda hora"

Alberto Caeiro


posted on 18/09/2011 às 5:20pm 1 note
reblog

"Meu coração é inerte e infecundo
E o que sou é um sonho que está triste."

Sá Carneiro - Poesias Coligidas


posted on 18/09/2011 às 2:50pm 2 notes
reblog

"A vida é um hospital
Onde quase tudo falta.
Por isso ninguém se cura
E morrer é que é ter alta"

Quadras ao Gosto Popular


posted on 18/09/2011 às 2:47pm
reblog

Next